Conte ADITIVOS em vez de CALORIAS !

16/05/2019

Pois é, basta fazer uma pesquisa rápida ou mais detalhada a tudo o que diz respeito a saudável, desde as mais variadas dietas aos produtos alimentares em si, para constatarmos que a grande preocupação é a quantidade de calorias que têm.

Certo, isso é importante, mas actualmente acaba por não se revelar o mais importante.

A filosofia do Food Reset fundamenta-se em que o organismo tem a capacidade de manter a sua vitalidade e autonomia “saudável” desde que lhe seja dado o “combustível” certo. E para nós o “combustível” certo consta de alimentos o mais próximo possível do seu estado natural. Ou seja, alimentos inteiros, vivos e verdadeiros.

Se ingerirmos sustentadamente um “combustível” de qualidade, o processo de selecção calórica é automático. O organismo só utiliza e armazena a energia que entende ser necessária e os níveis de sensação de fome baixam drasticamente.

 

 

Para falar deste tema, temos de recuar uns 50 anos, quando se começaram a fazer sentir os efeitos de uma crescente industrialização dos produtos alimentares.

Esse efeito foi crescendo à medida que os hiper e supermercados se foram tornando (há cerca de 30 anos) o canal privilegiado de distribuição de alimentos, a um preço cada vez mais baixo.

Para conseguir chegar a um cada vez maior número de consumidores a distâncias cada vez maiores, a indústria alimentar desenvolveu centenas de aditivos que têm em vista prolongar o prazo de validade dos produtos, evitando a degradação microbiana natural e ao mesmo tempo mantendo propriedades do produto, como textura e consistência.

 

No entanto os produtos resultantes, processados, (tais como, por exemplo, os refrigerantes) são ricos no que se chama as “Calorias vazias”, ou seja, são alimentos que fornecem energia (normalmente através de açúcares) mas sem o seu equivalente em nutrientes. Ao ingeri-los o corpo recebe muita energia, que não vai utilizar e o que faz?….Reserva! Por outro lado, como não recebeu os nutrientes necessários, o que faz ? Pede mais!!! E entra-se no círculo vicioso de ter mais fome e continuar a comer o que nos fará ter mais fome ainda. E é inevitável engordar.

 

Concluindo, mais do que “comer muito” há que ter o cuidado de perceber “o que” se está a comer. Não nos importa se é carne, peixe, legumes, arroz… Se forem ingredientes com origem de qualidade, não processados, sem aditivos, não refinados, e de preferência biológicos, podemos ter a certeza de que o nosso organismo agradece e fica saciado na devida medida.

Por isso desafio-o, daqui para a frente, a experimentar a “contar Aditivos ou Ingredientes Químicos” antes de olhar para as Calorias! Vai ficar surpreendido…são muitos produtos com muitos aditivos. Verifique por exemplo os rótulos de refrigerantes, iogurtes líquidos, pão embalado (especialmente o de forma), manteigas ditas light, bolachas, entre outros tantos.

E o mais complicado é que, para além dos usuais conservantes, emulsionantes, corantes etc, encontrará uma grande parte pertencente a outro grupo, que são os açúcares, nas suas diversas formas. E aí sim, muito açúcar corresponde a muitas calorias, e na maior parte das vezes, desnecessárias. Porque o nosso fígado, ao receber grandes quantidades de açúcares, não tem outro remédio senão processar essa energia transformando os açúcares em gordura, para que seja armazenada.  

Por outro lado, muitos dos aditivos que ingerimos incorporados nesses produtos processados, não são metabolizados pelo organismo. Porém, vão desequilibrar a flora intestinal e vão perturbar vários circuitos hormonais importantes para o nosso equilíbrio interno. E vão também ser acumulados nas células de gordura. Que são elásticas e se prestam a acumular toxinas. Por isso se diz, quando fazemos uma alimentação desintoxicante, que “desinchamos”. Porque é a primeira coisa que o organismo faz quando lhe são dadas condições de arrumar a casa: libertar-se dessas toxinas acumuladas esvaziando as células de gordura.

Não se esqueça!!! Conte Aditivos e só depois veja com quantas Calorias a mais esses aditivos ou ingredientes químicos estão a contribuir para degradar a sua saúde e bem estar.

Até breve !!

 

 

Please reload

Please reload

Please reload